Universidade Corporativa e os Cuidados do RH no Treinamento Funcional

Por Diogo Barros

Afinal de contas o RH consegue criar e administrar uma Universidade Corporativa?



O que é uma UC (Universidade Corporativa):

"A universidade corporativa difere das universidades acadêmicas tradicionais porque possui características próprias: seus objetivos de aprendizagem estão sintonizados aos interesses, objetivos e estratégias das empresas que promovem a formação dos seus funcionários."

Dificuldade em encontrar mão de obra especializada no momento do Recrutamento e Seleção de uma empresa, pode nos impulsionar a criar a Universidade Corporativa, são inúmeras as vantagens em se criar uma e pouca as desvantagens, mas você precisa ter um plano de sucessão bem elaborado para não gerar desperdício em horas de treinamentos e como imagino que deve saber, o colaborador afastado inadequadamente do seu local de trabalho gera prejuízos a  companhia, então veja os cuidados que você deve ter quando pensar em ter uma escola dentro da sua empresa.

Este não é um assunto novo e sim a reinvenção dos negócios em alta, uma ferramenta para enfrentar a crise de 2016 também, ano que as pessoas treinaram e se capacitaram mais!

Todas as empresas sabem e fazem capacitação de seus funcionários, seja ela direcionada ou para toda a empresa, mas existem aqueles "gaps" em áreas que necessitem de um especialista muito bem preparado onde o custo é muito alto para investir em vários outros colaboradores, o que gera também desconforto para a gestão que demonstra muitas vezes em não saber lidar com a expectativa do formado que tem que entender que ele está treinando como um "buckup" apenas e que após o treinamento o salário e a sua remuneração e atribuições continuarão os mesmos, criando assim a expectativa de que em algum dia a empresa poderá usar em caso de substituição ou aumento de demanda o "know how" que foi investido neste colaborador.

As empresas precisam ter a certeza que estão treinando as pessoas certas para os lugares certos! Por isso, um mapeamento de competências pode ser uma dica para selecionar o melhor conjunto de valores que será escolhido para receber o investimento, bons perfis são aqueles que podem ser reaproveitados como multiplicadores no futuro, afinal toda a Universidade precisa de professores qualificados e formar um especialista multiplicador é a sacada do negócio! 

O fato de ter um capital humano competitivo na organização elimina o desperdício, isso mesmo, aqueles "headcount" abarrotados de pessoas, o que oferece os riscos e custos desenfreado as corporações por terem gorduras em sua folha de pagamento, deixando a empresa menos competitiva financeiramente em relação a sua concorrência no mercado.

A Universidade Corporativa deve estar homogeneizada ao planejamento estratégico da empresa e não pode ser entendido como um fator isolado ou melhor, uma ação de recursos humanos para cumprir o protocolo dos indicadores das famosas LNTs (Levantamento de Necessidade de Treinamentos).

Claro que a implantação inadequada poderá gerar custos altos para a empresa, por isso deve ser fazer escolhas construindo a Universidade Corporativa envolvendo e escutando o maior número de pessoas dos diversos setores e níveis hierárquicos, enfim o programa fica muito mais atrativo e será criado com base nos valores e culturas da própria empresa e com certeza o centro de treinamento serão uma grande apoiadora da empresa em relação ao seu fator econômico. 



O uso da tecnologia pode ser um braço para levar módulos de treinamentos a distância, padronizando os conhecimentos técnicos mais específicos e ou fortalecendo o aprendizado no momento de uma reciclagem, por exemplo.

Então, como saber se posso ter uma UC na minha empresa?

Pergunte-se em todo tempo;

Minha empresa precisa de uma UC? 

Esta é a pergunta que os "stakeholders" devem refletir antes de tudo. Sobre a necessidade aderência e benefícios de ter uma UC, considerando as estratégias da empresa. Geralmente as UC nascem no RH, dificilmente vem de um pedido da presidência ou da diretoria da empresa, por isso o RH tem que conquistar a adesão da alta liderança, que deve estar engajada a aceitar a ideia. Os lideres devem participar da elaboração do planejamento estratégico da UC.

Veja as condições de ter uma equipe para o projeto;

Um time com competências múltiplas podem ser o diferencial para o sucesso rápido da UC. Estabeleça uma governança com comitês táticos e estratégicos e atribua papéis e responsabilidades a estas pessoas, uma sugestão é montar o comitê com pelo menos uma pessoa de cada uma destas áreas ( RH, TI, Jurídico, Operações e Financeiro).

Seja o protagonista estabelecendo as regras e benefícios;

O RH deve ter claramente o objetivo do negócio para definir o escopo do projeto da implantação da UC e saber qual ou quais os públicos alvos a serem atingidos, líderes? especialistas? técnicos?

O RH deve estar disposto a investir tempo e estudo, sair do comodismo de seu papel.

Sempre perguntar quais serão os níveis hierárquicos, funções a serem desenvolvidas e processos a serem contemplados, este é o "brainstorming" que deve ser levantado constantemente pelo RH nos encontros com o comitê.

Elabore um Plano de Ensino e Busque Recursos;

Após ter o mapeamento e ter priorizado e acordado com as unidades de negócios envolvidas, ilustre as soluções através de pequenas metas utilizando os recursos para ensino da andrologia, este é o momento de decidir o que será ensinado e construído dentro da empresa, os instrutores, materiais que serão utilizados através da elaboração do plano de ensino. Também é necessário apresentar os custos, estudos e projeção dos resultados esperados a alta gestão, afim de captar recursos para tirar a UC do papel e traze-la a existência.

Evidencie o projeto;

Se vocês não conseguir mostrar o impacto no resultado, seu projeto virou prejuízo para organização, fazer uma pesquisa antes da implantação, durante e depois de implantado é algo que deverá agregar as suas atribuições, como sugestão compile cada treinamento através da avaliação de reação a cada módulo completado, colete fotos e alguns depoimentos das pessoas envolvidas no projeto e dos treinados, mensure e apresente mensalmente junto com os indicadores da sua área.   

Endomarketing;

Mantenha um canal aberto (cartazes, certificados, eventos, vídeo institucionais, intranet, redes sociais, etc...) com todos os públicos para construir a história de transformação pelo aprendizado, os empregados sentem-se motivados quando veem suas experiências divulgadas e o quanto aprenderam na empresa, enriquecendo assim as suas carreiras!

Melhoria continuada, atento as mudanças;

Uma Universidade Corporativa precisa estar atenta a sua evolução e ao mercado, trocar experiências analisar tendências e fornecedores, esta rotina deve estar presente no cotidiano, tendo um case de sucesso na mãos, abre porta para trocar experiências com outras empresas, pense nisso! 

Leia Também:

O Vício do Trabalho


Dez Passos do Papel do RH Frente a Qualidade de Vida do Trabalhador


Comunique-se Como um Líder Melhor em 11 Passos Básicos










Pelo Celular ou Tablet Recomende este produto pelo WhatsApp
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Universidade Corporativa e os Cuidados do RH no Treinamento Funcional"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

O Corpo Fala

Empregado Doméstico

Dinâmica de Grupo