O Vício do Trabalho

Por Diogo Barros

Você já parou para pensar se é workaholic?

Afinal de contas o que é workaholic!



" Workaholic é uma gíria em inglês que significa alguém viciado em trabalho; um trabalhador compulsivo e dependente do trabalho. As pessoas viciadas em trabalho sempre existiram, porém esse número está crescendo muito e se tornando um fenômeno em todo o mundo."

Suas Características

Primeiro esta pessoa pensa que é um trabalhador normal, comprometido com suas metas e afazeres, tem geralmente o senso de proprietário e a capacidade de constranger pessoas quando estas são comparadas a sua dedicação frenética ao trabalho, na verdade não se deu por conta que é apenas mais um mero funcionário e que também está sujeito a demissão como os demais colaboradores da empresa.

Tem autoestima exagerada, insônia, mau humor, impotência sexual, atitudes agressivas em situações de pressão e muitas vezes aparenta traços claros de depressão.

Ela trabalha em média mais de 12 horas por dia e ainda leva atividades para finalizar em casa, são elas que são criticadas por seus familiares no final de semana por ficarem constantemente falando de trabalho ou falando de trabalho pelas redes sociais e celulares, sanando pendências da próxima semana que ainda não iniciou, absurdo!

Este "doente profissional" não consegue se desligar do trabalho, deixando de lado a sua convivência social e familiar, apresenta fortes dores no corpo, coluna, dores de cabeça, vive a base de energéticos para superar o cansaço, constantemente burla os sinais de stress do próprio corpo! 

Assim, torna-se um trabalhador compulsivo e como todo o compulsivo nunca reconhece o vício.

Problema para Empresa

Apesar da pseudo vantagem da velocidade e da entrega momentânea, na verdade é um mero engano devido ao desgaste emocional natural do profissional. Estudos recentes de casos clínicos em consultórios psicológicos e psiquiátricos apontam que o vício no trabalho é equivalente a adição de álcool e cocaína, tornando o trabalho neste caso uma obsessão doentia, podendo levar ao afastamento médico e a possíveis ações trabalhistas no futuro.

Como viver bem, então!

Não é pecado trabalhar além da sua carga diária desde que não seja uma rotina semanal e que a extensão da jornada apenas foi necessária devido a urgência pontual após uma análise do impacto de não realizá-la e mensurar/administrar o prejuízo.

O trabalho é saudável quando não for necessário aprisionar a pessoa a necessidade constante de falar ou estar agindo por causa do trabalho.

O equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal é fundamental, valorizando mais os momentos de lazer e vida social demonstrando que o descanso é fundamental para melhoria dos resultados, fazer mais atingindo altos objetivos econômicos com tempo de qualidade para laborar.

Como tocar o trabalho com amor!

Diferenciar o amor pelo que faz, do vício!

Trabalhar com motivação e prazer pelo que faz ou entrega é ter satisfação e entendimento que parte do seu trabalho tem significado para toda sociedade é sentir-se realizado pela entrega e em contrapartida valorizado por fazer parte de algo que vai ajudar outras pessoas e/ou agregar valor a sociedade como um todo, respeitando a ética de forma sustentável e ecológica, enfim produzindo também valores indiretos!

Muitas vezes vemos pessoas que não conseguem planejar o seu dia e acabam trabalhando muito mais que as outras pessoas para entregar o mesmo resultado, lembrar que o trabalho é parte da nossa vida e que trabalhamos para viver e não vivemos para trabalhar e que uma mente que não descansa não é totalmente sã, concluo que não adianta trabalhar de mais, isso possivelmente ocasionará erros e retrabalho, portanto tem que parar de trabalhar para poder trabalhar bem, é uma questão lógica matemática do esforço + competências (capacidade humana de planejar) + bem estar + criatividade + espiritualidade + equilíbrio social e familiar + valores sociais = resultado.

Leia Também:

Universidade Corporativa e o Papel do RH

Dez Passos do Papel do RH Frente a Qualidade de Vida do Trabalhador



Comunique-se Como um Líder Melhor em 11 Passos Básicos
Pelo Celular ou Tablet Recomende este produto pelo WhatsApp
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "O Vício do Trabalho"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

O Corpo Fala

Empregado Doméstico

Dinâmica de Grupo